COLÁGENO E INTESTINO

Que o colágeno é um grande amigo da nossa pele não é novidade, mas você sabia que ele também é um grande aliado para cuidar do nosso intestino?

Qual é a relação entre o colágeno e o intestino?

A estrutura do intestino é revestida por uma barreira protetora que age fisicamente como mecanismo de defesa do corpo e evita que bactérias e toxinas penetrem e entrem na corrente sanguínea. Esse caminho pode levar a alergias, sensibilidades e problemas crônicos de saúde.

Além disso, a barreira intestinal possui junções intracelulares em sua formação que são essenciais para a comunicação e adesão entre as células. Na prática, eles selam a passagem de macromoléculas pelo espaço entre duas células nas paredes do intestino, induzindo a passagem de nutrientes pelas células. Portanto, o corpo tem melhor controle sobre o que vai absorver.

Mas algumas situações favorecem a quebra das junções intracelulares e, consequentemente, o desalinhamento e distanciamento das células presentes na barreira protetora. Dessa forma, o intestino fica “poroso” e a condição digestiva pode ser comprometida, além de aumentar a exposição do organismo a problemas de saúde.

Agora que sabemos a importância das junções intercelulares na digestão e proteção do corpo, é mais fácil entender o importante papel do colágeno nesse processo. De forma muito curta e direta, o colágeno atua na recuperação do tecido conjuntivo intestinal. O colágeno ajuda a prevenir o desgaste gradual das junções entre as células e desordem estrutural.

Importância da saúde intestinal

A relação do intestino com o equilíbrio do corpo é simples e manter o trato digestivo saudável tem um impacto positivo em outros sistemas e funções.

O intestino faz parte do sistema de defesa do organismo e está totalmente relacionado à imunidade. Também é conhecido como segundo cérebro por possuir um número expressivo de neurônios em seu sistema.

Além disso, o intestino possui enzimas digestivas, serve como porta de entrada para os nutrientes e é responsável por sua absorção. Sem falar que é no intestino onde as bactérias, fungos e microrganismos se distribuem e dão origem à microbiota, essencial para o bom funcionamento do organismo.

Síndrome do intestino solto

Existem várias doenças associadas à saúde intestinal, uma delas é a síndrome do intestino permeável. Essa síndrome é responsável por quebrar a barreira protetora intestinal e, eventualmente, aumentar a absorção de toxinas e produtos químicos pelo nosso corpo.

A síndrome do intestino solto pode ocorrer devido a vários fatores: má alimentação, estresse, sensibilidade ou alergia alimentar, consumo diário crônico de álcool, uso recorrente ou prolongado de antibióticos, produção insuficiente de ácido estomacal, entre outros.

Os principais sintomas são: inchaço, prisão de ventre, diarreia, refluxo e azia, produção excessiva de gases e comida não digerida nas fezes.

Como o colágeno pode ajudar?

O colágeno quebra as proteínas e alivia o revestimento do intestino, como se curasse as paredes celulares danificadas e fosse infundido com aminoácidos curativos. Nesse caso, o colágeno atua ativamente na formação do tecido conjuntivo, auxiliando na cicatrização e na selagem do revestimento protetor do trato intestinal. Com níveis adequados de colágeno, a barreira protetora intestinal é reforçada e as paredes do intestino são revestidas, evitando a ocorrência de problemas como a síndrome do intestino permeável.

A suplementação de colágeno pode ajudar a tratar os sintomas e distúrbios gastrointestinais, como a doença de Crohn, intestino irritável da colite ulcerosa e síndrome do refluxo ácido

A verdade é que o colágeno não é indicado apenas para quem tem problemas intestinais, mas também para quem quer prevenir doenças e cuidar da saúde de forma integral.

Além de ajudar na recuperação do intestino, o colágeno ajuda a absorver a água dentro do intestino, promovendo o equilíbrio, mesmo para quem sofre com um intestino preguiçoso.

A principal função do colágeno não é a sua regulação, mas uma vez que a barreira intestinal esteja saudável, o risco de prisão de ventre é muito menor. Assim, a ingestão de colágeno pode contribuir para o funcionamento do intestino, desde que as quantidades ideais de proteína sejam ingeridas por dia.

Quando decidimos suplementar o colágeno, devemos lembrar que o colágeno hidrolisado é o melhor, devido a sua alta absorção intestinal. A quantidade recomendada é de 10g de colágeno por dia.

Quando ingerido na forma líquida, o colágeno é digerido rapidamente, com uma taxa de absorção até 300% maior do que o colágeno em pó ou cápsula.

O Colágeno Líquido Qualinova possui a dose adequada (10g) que nosso organismo necessita diariamente.

Cuide do seu intestino com o Colágeno Líquido da Qualinova!

Ter uma boa aparência e se sentir bem é possível com a Qualinova!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *